Como é feita a sondagem à percussão (SPT)?

19/10/2022

O engenheiro solicitou uma sondagem à percussão (SPT) e você não sabe o que é isso? Vamos explicar! Sondagem é a técnica de engenharia mais utilizada para obter amostras de solos. Para qualquer obra de edificação, é preciso realizar uma investigação geotécnica preliminar, e esta análise deve ser constituída por pelo menos, uma sondagem a percussão, conforme a NBR 6484.

Existem diferentes tipos de sondagens, como à trado, à percussão, rotativa, mista, entre outras. Porém hoje falaremos da sondagem a percussão (SPT). O ensaio a percussão SPT tem como objetivo fazer a exploração e reconhecimento do subsolo, e assim obter informações importantes para a escolha do tipo de fundação, ou seja, para o tipo de estrutura do projeto. Criamos este conteúdo com a intenção de te mostrar o que é sondagem à percussão (SPT) e como é feita, portanto, continue a leitura!

O que é sondagem à percussão (SPT)?

A sondagem à percussão – conhecida também como sondagem SPT (Standard Penetration Test) – é um processo de exploração e reconhecimento do solo, utilizado para determinar as características de um solo, no qual se pretende fazer uma construção.

A sondagem à percussão é prescrita pela NBR-6468:2021 e tem como objetivo obter o índice de resistência à penetração do solo (Nspt), além de identificar o tipo do solo.

Veja abaixo mais alguns resultados das pesquisas geotécnicas.

Para que serve a Sondagem SPT?

  • saber a capacidade de carga suportada pelo solo;
  • conhecer os tipos de solos, cor, geologia, mineralogia, entre outros fatores;
  • se constata a presença de água e em que posição está;
  • identificar o nível do lençol freático;
  • testar a resistência do solo à perfuração.

Leia também: Análise e Caracterização de Resíduos

Por que fazer a sondagem de solo?

Sondagem à percussão SPT

A sondagem do solo a percussão também pode ser chamada de investigação geotécnica, de modo geral, o objetivo é que o projetista consiga avaliar se o solo está adequado para suportar toda a carga que será aplicada na construção da obra.

Esse processo é muito usual para determinar a resistência do solo e a posição do nível de água. Por isso é importante realizar o ensaio SPT para que não haja problemas no futuro.

A sondagem do solo é extremamente importante e deve ser realizada antes mesmo da aquisição de um terreno, pois pode ter a presença de solo mole que pode causar rupturas e deformações.

Desvantagens em não fazer a sondagem à percussão:

  • problemas estruturais, como complicações no piso e fissuras;
  • Infiltrações;
  • dificuldade em chegar na profundidade necessária, na hora da escavação;
  • e até mesmo causar a queda da construção.

Todos esses itens podem comprometer a segurança e os custos, deixando o projeto muito mais caro que o previsto. Além do mais, pode impactar no cronograma e planejamento, consequentemente, atrasando ou interrompendo a obra.

Vale lembrar que é obrigatório a realização de, no mínimo, uma sondagem SPT para qualquer tipo de edificação.

Como é feita a sondagem à percussão (SPT)?

A sondagem à percussão é feita a partir de ensaios de campos, realizados com a cravação dinâmica de um amostrador padrão (tipo Raymond) no solo, através do impacto de um martelo de ferro de 65kg a uma altura de 75cm.

Com a soma dos golpes dado pelo martelo de ferro é possível medir o índice de resistência da penetração do solo, que é chamado de NSPT (índice de resistência à penetração do SPT).

Nesse ensaio à percussão também é feito a coleta das amostras, metro a metro, permitindo assim, a análise tátil e visual de distintas camadas do subsolo.

Confira a seguir, qual é a ordem dos procedimentos da sondagem SPT.

Procedimentos para a sondagem a percussão

O resultado do ensaio da sondagem à percussão corresponde a quantidades de golpes que foram necessários para introduzir o amostrador padrão nos últimos 30cm.

Para isso, a equipe precisa de alguns equipamentos, veja a seguir.

Equipamentos da sondagem a percussão:

  • Tubos de revestimento;
  • Medidor de nível d’água;
  • Recipientes para amostras;
  • bomba d’água centrífuga motorizada;
  • Entre outras ferramentas gerais.

Passo a passo da sondagem a percussão

Sondagem à percussão SPT

De acordo com a NBR 6484 (Associação Brasileira de Normas Técnicas, 2001), a sondagem SPT exige uma série de procedimentos que precisam seguir uma ordem de execução.

Veja abaixo o passo a passo de como é feita a sondagem à percussão.

1. Amostrador Padrão

Assim que a perfuração atinge 1m de profundidade. A equipe posiciona e crava o amostrador padrão para realizar os testes de resistência à percussão, aproveitando para coletar amostras do solo.

2. Marcação

Nesta fase é feita a marcação com giz, de um segmento de 45cm, dividido em três partes iguais de 15cm cada. Essa marcação serve como referência para a contagem de golpes do martelo em cada segmento.

3. Posicionamento do martelo

Após a cravação e o posicionamento do martelo a 75cm de altura, começa a sequência de golpes, até os primeiros 45cm.

É necessário a presença de um técnico para elaborar um boletim, e assim registrar, a cada 15 cm, o número de golpes necessários para cravar o amostrador.

Este procedimento é repetido até que se atinja o critério estabelecido, ou quando é atingido o impenetrável à percussão ou lavagem.

4. Coleta das amostras

Assim que alcançar os 45 cm, o amostrador padrão é retirado e inicia-se o processo de coleta de amostras do solo, até que se encontre o nível do freático.

Leia também: Gerenciamento de Áreas Contaminadas (GAC)

5. Teste de umidade

Se o solo escavado tiver sinal de umidade, é preciso realizar um teste de umidade, para saber se atingiu o nível saturado. E para isso, é utilizado um equipamento chamado “piu”, que emite som ao entrar em contato com a água.

A partir desse ponto é utilizado outro método, chamado de lavagem. Com a ajuda de uma bomba motorizada é possível coletar material escavado pela circulação de água.

6. Torquímetro

Depois que a cravação do amostrador é finalizada, acopla-se o torquímetro, para obter as medidas de torque máximo e residual.

A sondagem à percussão com torque é chamada de SPT-T e vem para dar suporte a esse método tão eficaz de avaliação do solo.

Objetivos da Sondagem à Percussão com Torque (SPT-T):

  • Capacidade de carga do solo em diversos níveis de profundidade;
  • Identificação das diferentes camadas do solo, presentes no subsolo;
  • Classificação do solo, de forma tátil e visual, em cada camada;
  • Existência ou não de lençol freático, assim como o nível inicial e após 24 horas.

Normas técnicas para a sondagem SPT – NBR 6122 2019

Sondagem à percussão SPT

Segundo a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) NBR 6122 2019, antes de qualquer tipo de edificação é necessário realizar uma campanha de investigação geotécnica.

Para atender as normas brasileiras vigentes, essa investigação deve ser constituída, de pelo menos, uma sondagem a percussão (SPT).

É a NBR 6484 que prescreve a metodologia correta para a execução da sondagem SPT. Mas existem outras normas técnicas da ABNT que também devem ser seguidas, como a NBR 6502:1995, NBR 7181:1984, NBR 8036:1983 e a NBR 13441:1995.

É na NBR 8036:1983 que é especificada a quantidade de furos para o ensaio à percussão, que de acordo com o documento, as perfurações dependem do tamanho do terreno.

Quantidades de furos para a sondagem SPT:

  • Até 1.200 m² 1 furo para cada 200 m²;
  • De 1.200 a 2.400 m² 1 sondagem à percussão para cada 400 m² que excederem de 1200m²;
  • Acima de 2.400 m², de acordo com a construção.
  • Devem ser feito no mínimo dois furos para área da projeção em planta do edifício de até 200m²
  • Devem ser feitos três furos para áreas entre 200m² e 400m².
  • Com a mudança para a NBR 6484:2020, a locação dos furos da sondagem em planta, passa a ser fornecida pela empresa contratante.

Conclusão sobre a sondagem a percussão (SPT)

A sondagem de solo à percussão é a técnica mais utilizada para coletar amostras de solos, devido seu baixo custo, e pela facilidade de execução.

Porém para garantir a qualidade e eficácia dessa operação, é preciso cumprir as normas técnicas, possuir uma equipe especializada, e ainda ter o acompanhamento de um responsável técnico devidamente capacitado.

Se você precisar dos serviços de uma equipe especialistas em sondagens à percussão (SPT), entre em contato com a consultoria ambiental, Ambiento Brasil. Também, nos siga nas redes sociais: Facebook e Linkedin.

Dia Mundial da Água

Dia Mundial da Água

Hoje no dia mundial da água, convido você a refletirmos sobre a importância dela para o nosso planeta.

Qual é a importância da realização da Investigação Detalhada?

Qual é a importância da realização da Investigação Detalhada?

A Investigação Detalhada é a terceira etapa do Gerenciamento de Áreas Contaminadas que tem como objetivo ter o conhecimento do tamanho total da contaminação, e também, identificar todos os pontos de risco. É nessa fase que se inicia os procedimentos para a recuperação...

Dia do Controle da Poluição Industrial

Dia do Controle da Poluição Industrial

Como especialistas em soluções ambientais para o segmento industrial e de serviços, entendemos como é importante reduzir os impactos causados ao meio ambiente, e nada melhor que a data de hoje para promover a conscientização sobre esses cuidados na sua empresa. Os...

ORÇAMENTO
BUDGET
PRESUPUESTO