Ambiento Brasil – Consultoria ambiental para a sua empresa

29/05/2024

Empresas de todos os setores estão percebendo que adotar práticas sustentáveis não é apenas uma exigência legal ou uma tendência de mercado, mas também um imperativo ético e uma oportunidade estratégica.

Segundo pesquisa realizada em 2024, 75% das empresas não têm nenhuma certificação de sustentabilidade e ESG (sigla que representa os valores ambientais, sociais e governamentais dentro das corporações).

A pesquisa também descobriu que quase 8 em cada 10 funcionários não acreditam que suas empresas estão fazendo um trabalho muito bom ou excelente nos quesitos ESG.

Entre as principais iniciativas trabalhadas estão a gestão de resíduos e reciclagem (30%); o respeito pelos direitos humanos (40%) e prevenção à corrupção (31%).

Neste contexto, a assessoria ou consultoria ambiental surge como uma solução para guiar as organizações na implementação de ações que minimizem impactos ambientais.

Dito isso, consultoria em específico é a atividade profissional de diagnóstico e formulação de soluções acerca de um assunto ou especialidade. O profissional dessa área é chamado de consultor.

Então na prática, o consultor gera soluções para problemas, que a partir do momento que você gera soluções, você também pode executar e acompanhar o gerenciamento das mesmas, esse acompanhamento chamamos de assessoria.

Neste caso, assessoria e consultoria pode ser considerada a mesma coisa. E especificamente no caso da consultoria ambiental, esses serviços prestados são relacionados ao âmbito do meio ambiente. Mas afinal, o que faz uma consultoria ambiental?

O que faz uma consultoria ambiental?

A assessoria ambiental garante que uma empresa esteja de acordo com as legislações ambientais válidas, ou seja, asseguram que o empreendimento ou atividade esteja de acordo com as normas ambientais e devidamente regularizado, para que não tenha problema com a fiscalização competente, nem com poluição ou degradação ambiental.

As organizações optam por contratar uma consultoria ambiental para garantir conformidade legal, otimizar suas operações para reduzir impactos ambientais, promover práticas sustentáveis e melhorar sua imagem corporativa perante clientes, investidores e a sociedade em geral.

Portanto, se uma empresa busca o licenciamento ambiental, deve procurar uma agência ambiental para orientá-la, essa assessoria lidará com toda a documentação necessária para os trâmites.

Vantagens em contratar empresas de consultoria ambiental

  1. Redução do impacto ambiental: As consultorias ambientais podem ajudar as empresas a identificar e reduzir seus impactos no meio ambiente, o que pode levar a economias de custos e a uma melhor reputação pública.
  2. Conformidade legal: As consultorias ambientais podem ajudar as empresas a garantir que estão em conformidade com todas as leis e regulamentações ambientais aplicáveis, o que pode ajudar a evitar multas e outras penalidades.
  3. Melhoria da eficiência operacional: As consultorias ambientais podem ajudar as empresas a identificar e implementar práticas mais eficientes do ponto de vista ambiental, o que pode levar a economias de custos e a uma maior produtividade.
  4. Melhoria da imagem pública: As empresas que demonstram um compromisso com a proteção ambiental podem ter uma imagem pública mais positiva, o que pode levar a um aumento nas vendas e na fidelidade do cliente.

Além desses serviços básicos, as consultorias ambientais também podem oferecer serviços especializados em áreas como remediação de áreas contaminadas, sondagem à percussão (SPT), compensação ambiental e sustentabilidade.

Porém iremos explicar especificamente cada um dos serviços prestados por estas organizações a seguir.

Quais são os serviços prestados por uma agência ambiental?

As empresas como a Ambiento Brasil, ajudam as organizações a gerenciar seus impactos ambientais, melhorar seu desempenho sustentável e garantir a conformidade com regulamentações.

Abaixo, detalhamos alguns dos principais serviços prestados por uma empresa de soluções ambientais.

  • Análise e Caracterização de Resíduo:

A Análise e Caracterização de Resíduo envolve a coleta de amostras de resíduos sólidos, líquidos ou gasosos e a realização de análises laboratoriais para determinar sua composição química, propriedades físicas e possíveis riscos ambientais.

A caracterização de resíduos em específico consiste em determinar quais são os principais aspectos físico-químicos, biológicos, qualitativos e/ou quantitativos da amostra.

Ou seja, essa é uma fase de conhecimento do resíduo e, a partir dos resultados analíticos obtidos, se define o método mais adequado para destinação do mesmo.

Todo o processo se dá em três passos, sendo eles:

1 – descrição detalhada da origem: no primeiro momento avalia-se o material em um aspecto geral, considerando a cor, o estado, o odor e o grau de heterogeneidade.

2 – denominação do resíduo: essa segunda fase é baseada em avaliar aspectos mais individuais, como o processo de origem, a atividade industrial da qual o resíduo surgiu, qual o seu constituinte principal, etc.

3 – possíveis destinações: depois de conhecer o resíduo tendo em mãos informações mais concisas sobre sua composição, a terceira e última fase da caracterização trata justamente dos métodos de destinação.

Os resultados obtidos apontarão se a alternativa mais adequada é aterro para resíduo perigoso, aterro sanitário para resíduo não perigoso, aterro de resíduo inerte ou outras técnicas de tratamento térmico, como a compostagem, a incineração ou o coprocessamento.

Com essas informações, a empresa pode definir estratégias de tratamento, reciclagem ou descarte de resíduos, garantindo a conformidade com as regulamentações e minimizando o impacto ambiental.

  • Gerenciamento de Áreas Contaminadas (GAC):

Gerenciamento de Áreas Contaminadas (GAC)

Este serviço inclui a identificação de fontes de contaminação, a avaliação dos riscos para a saúde humana e o meio ambiente, a implementação de técnicas de remediação e o monitoramento a longo prazo para garantir a eficácia das ações tomadas.

O objetivo é restaurar a área contaminada a condições seguras e compatíveis com seu uso previsto, minimizando os impactos ambientais e legais.

Além disso, alguns outros serviços realizados nessa área são:

  • Investigação Detalhada;
  • Avaliação de Risco e Medidas de Intervenção;
  • Investigação e Projeto de Remediação;
  1. Levantamento das técnicas de remediação
  2. Elaboração do plano de investigação
  3. Execução de ensaios piloto em campo e em laboratório
  4. Realização de monitoramento e modelagem matemática
  5. Interpretação dos resultados
  6. Definição das técnicas de remediação
  • Remediação da Área Contaminada;
  • Monitoramento.

O processo de identificação de áreas contaminadas é constituído por cinco etapas:

  1. Identificação de Áreas com Potencial de Contaminação;
  2. Avaliação Preliminar;
  3. Investigação Confirmatória;
  4. Investigação Detalhada;
  5. Avaliação de Risco.

O GAC se desdobra e fornece os parâmetros para as fases I e II. Para seguir corretamente o protocolo, deve-se observar a norma NBR 15515.

  • Avaliação Preliminar (Fase I):

A avaliação preliminar, ou Fase I, é o primeiro passo na investigação de áreas potencialmente contaminadas.

Esta fase envolve a coleta e análise de informações históricas e atuais sobre o uso do solo, registros ambientais e inspeções no local para identificar sinais de contaminação.

Classificação da Avaliação Preliminar:

  • AP – ÁREA POTENCIALMENTE CONTAMINADA
  • AS – ÁREA SUSPEITA DE CONTAMINAÇÃO
  • AC – ÁREA CONTAMINADA

Resumidamente, a execução dessa etapa possibilitará:

  • Levantar informações sobre cada AP de modo a subsidiar o desenvolvimento das próximas etapas do gerenciamento de ACs;
  • Documentar a existência de evidências ou fatos que levem a suspeitar ou confirmar a contaminação nas áreas em avaliação, possibilitando sua classificação como AS, AP ou exclusão do cadastro;
  • Estabelecer o modelo conceitual inicial de cada área em avaliação;
  • Verificar a necessidade da adoção de medidas emergenciais nas áreas.

Atividades necessárias:

  • Coleta de Dados Existentes
  • Estudo Histórico
  • Estudo Sobre o Meio Físico
  • Inspeção de Reconhecimento da Área
  • Elaboração da Ficha Técnica
  • Modelo Conceitual Inicial – Relatório Técnico

O relatório resultante fornece uma visão geral dos possíveis problemas ambientais e recomenda a necessidade de investigações adicionais, se necessário.

A avaliação preliminar é crucial para identificar riscos ambientais em fases iniciais e para orientar decisões de gerenciamento de propriedades.

  • Investigação Confirmatória (Fase II):

Se a Fase I indicar a possibilidade de contaminação, uma investigação confirmatória, ou Fase II, é realizada. Esta fase envolve a coleta de amostras de solo, água subterrânea, ar ou materiais de construção para análises laboratoriais detalhadas.

Resumidamente, a execução dessa etapa possibilitará:

  • Identificar nos meios amostrados e comparados aos valores-limite estabelecidos. Caso os valores obtidos estejam acima destes, a área em questão poderá ser classificada como uma área contaminada (AC). Se estiverem abaixo, a área poderá ser classificada como potencialmente contaminada ou ser excluída do cadastro de áreas contaminadas;
  • Os resultados da etapa de investigação confirmatória devem ser utilizados para atualizar as informações armazenadas no cadastro de áreas contaminadas;
  • As áreas classificadas como áreas contaminadas (ACs) devem passar a ser avaliadas nas etapas seguintes do gerenciamento, sendo enquadradas no processo de recuperação das áreas contaminadas.

Atividades necessárias:

  • Plano de Amostragem
  • Coleta de Amostragem
  • Realização de Análises
  • Interpretação dos Resultados
  • Definição do Responsável pela Contaminação
  • Relatório Técnico Conclusivo

A investigação confirmatória visa confirmar a presença, a natureza e a extensão da contaminação, permitindo a elaboração de um plano de remediação adequado.

  • Remoção e desmobilização de tanques:

Remoção e desmobilização de tanques

A remoção e desmobilização de tanques de armazenamento, especialmente de tanques subterrâneos, são processos críticos para prevenir vazamentos e contaminação ambiental.

Este serviço envolve a desativação segura, a limpeza, a remoção física e a disposição adequada dos tanques e dos materiais residuais.

  • Remoção: quando não implica no encerramento de suas atividades;
  • Desmobilização: quando todos os equipamentos dos sistemas de armazenamento e abastecimento são removidos dos locais em decorrência do encerramento das atividades de armazenamento dos combustíveis ou encerramento das atividades no local.

Remoção de tanques

Vale ressaltar que neste processo:

  • Esses tanques podem armazenar combustíveis, produtos químicos e outras substâncias potencialmente poluidoras do solo e água subterrânea;
  • É ideal realizar uma investigação sobre passivo ambiental de acordo com procedimentos previamente estabelecidos pela CETESB;
  • Essa investigação deve ser realizada a partir do tipo de sistema implantado no estabelecimento, uma vez que os tipos de tanque – subterrâneos ou aéreos;
  • A melhor forma de evitar quaisquer problemas é realizando a manutenção adequada do tanque e, quando necessário.

As empresas de soluções ambientais garantem que todos os procedimentos sejam realizados em conformidade com as regulamentações ambientais, prevenindo riscos de contaminação do solo e da água subterrânea.

  • Sondagem à Percussão (SPT):

Sondagem à Percussão (SPT)

A sondagem à percussão com o ensaio de penetração padrão (SPT) é uma técnica utilizada para investigar as condições do solo e identificar possíveis contaminações.

Este serviço envolve a perfuração no solo e a realização de testes de resistência à penetração, fornecendo dados sobre a composição e as propriedades geotécnicas do solo.

Ela é feita a partir de ensaios de campos, realizados com a cravação dinâmica de um amostrador padrão (tipo Raymond) no solo, através do impacto de um martelo de ferro de 65kg a uma altura de 75cm.

Objetivos da Sondagem à Percussão com Torque (SPT-T):

  • Capacidade de carga do solo em diversos níveis de profundidade;
  • Identificação das diferentes camadas do solo, presentes no subsolo;
  • Classificação do solo, de forma tátil e visual, em cada camada;
  • Existência ou não de lençol freático, assim como o nível inicial e após 24 horas.

Passo a Passo da Sondagem à Percussão

  1. Amostrador padrão: Quando a perfuração atinge 1 metro de profundidade, a equipe posiciona e crava o amostrador padrão. Esse procedimento permite realizar testes de resistência à percussão e coletar amostras do solo.
  2. Marcação: Nesta fase, é feita a marcação com giz de um segmento de 45 cm, dividido em três partes iguais de 15 cm cada. Essa marcação serve como referência para contar os golpes do martelo em cada segmento.
  3. Posicionamento do Martelo: Após a cravação, o martelo é posicionado a 75 cm de altura. A sequência de golpes inicia-se até atingir os primeiros 45 cm. É necessário um técnico para registrar em um boletim o número de golpes necessários para cravar o amostrador a cada 15 cm. Este procedimento é repetido até que se atinja o critério estabelecido, o impenetrável à percussão ou a lavagem.
  4. Coleta das amostras: Após alcançar os 45 cm, o amostrador padrão é retirado e começa o processo de coleta de amostras de solo, até atingir o nível do lençol freático.
  5. Teste de Umidade: Se o solo escavado apresentar sinais de umidade, é necessário realizar um teste de umidade para determinar se o nível saturado foi alcançado. Para isso, utiliza-se um equipamento chamado “piu”, que emite som ao entrar em contato com a água. A partir deste ponto, utiliza-se o método de lavagem com uma bomba motorizada para coletar material escavado através da circulação de água.
  6. Torquímetro: Depois da cravação do amostrador, acopla-se o torquímetro para obter as medidas de torque máximo e residual. A sondagem à percussão com torque, conhecida como SPT-T, complementa esse método eficaz de avaliação do solo.

Empresas de soluções ambientais, oferecem serviços desde a análise e caracterização de resíduos até a investigação e remediação de áreas contaminadas.

Esses serviços são fundamentais para garantir a conformidade legal, proteger o meio ambiente e promover práticas empresariais responsáveis.

  • Due Diligence Ambiental:

A due diligence ambiental é um processo de avaliação e investigação realizado antes de transações comerciais, como aquisições, fusões ou investimentos imobiliários.

Este serviço visa identificar passivos ambientais e riscos associados a um determinado local ou ativo. A due diligence ambiental inclui a revisão de documentos, inspeções no local, entrevistas com funcionários e a análise de relatórios ambientais.

De acordo com os princípios ESG indicados pelo Pacto Global, para que uma pessoa física ou jurídica seja considerada ambientalmente responsável ela deve:

  • Respeitar os direitos humanos e ambientais;
  • Assumir práticas preventivas e proativas, visando enfrentar os principais desafios ambientais;
  • Desenvolver práticas e iniciativas que disseminem a responsabilidade socioambiental;
  • Incentivar novas tecnologias ambientalmente responsável;
  • Se comprometer com os objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU.

Para verificar se alguém cumpre esses requisitos, é feita uma análise documental e diversas pesquisas em bancos de dados, visando obter o histórico de atuação de quem passa pela auditoria.

Além disso, para que a due diligence ambiental seja bem-sucedida, é crucial que ela aborda alguns pontos relevantes da realidade brasileira, tais como:

  • Consulta de licenças ambientais;
  • Dados sobre embargos ambientais em uma determinada área;
  • Listas de áreas contaminadas;
  • Certidões negativas de débitos perante os órgãos ambientais;
  • Consultas de processos judiciais em matéria ambiental;
  • Inscrições em listas restritivas;
  • Certidões de conformidade perante órgãos reguladores, nas diversas esferas do Poder Público;
  • Informações relevantes para análise de risco socioambiental, como relacionamentos com outras partes comprometidas, notícias, dentre outros.

O objetivo é fornecer às partes envolvidas uma compreensão clara dos riscos e custos potenciais relacionados ao meio ambiente, permitindo uma tomada de decisão mais precisa.

 

Leia também: 7 Tipos de auditoria ambiental

 

  • Consultoria Ambiental:

Como já mencionamos anteriormente, os consultores ambientais oferecem orientação sobre conformidade legal, Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS), eficiência energética, controle de emissões, licenciamento ambiental, certificações ambientais e sustentabilidade corporativa.

Eles realizam diagnósticos ambientais, desenvolvem planos de gestão ambiental e promovem a educação e capacitação dos colaboradores para criar uma cultura de responsabilidade ambiental dentro da organização.

Conclusão sobre consultoria ambiental para empresas

A consultoria ambiental se configura como uma ferramenta para empresas que desejam operar de forma sustentável, responsável e competitiva no cenário atual.

Para além dos benefícios mencionados, destaca-se a importância da consultoria ambiental para a construção de um futuro mais próspero para todos.

Ao se engajarem em práticas ecoeficientes, as empresas contribuem para a mitigação das mudanças climáticas, a conservação dos recursos naturais e a construção de uma sociedade mais justa e sustentável.

 

Se você está precisando de ajuda com questões ambientais e não tem certeza se sua empresa ou atividade está atendendo as legislações ambientais pertinentes, recomendamos que entre em contato com a Ambiento Brasil.

Somos especializados em soluções ambientais para os segmentos industrial e de serviço, e certamente poderemos oferecer soluções que atendam às suas necessidades econômicas e sustentáveis.

 

Dia Mundial da Água

Dia Mundial da Água

Hoje no dia mundial da água, convido você a refletirmos sobre a importância dela para o nosso planeta.

Qual é a importância da realização da Investigação Detalhada?

Qual é a importância da realização da Investigação Detalhada?

A Investigação Detalhada é a terceira etapa do Gerenciamento de Áreas Contaminadas que tem como objetivo ter o conhecimento do tamanho total da contaminação, e também, identificar todos os pontos de risco. É nessa fase que se inicia os procedimentos para a recuperação...

Dia do Controle da Poluição Industrial

Dia do Controle da Poluição Industrial

Como especialistas em soluções ambientais para o segmento industrial e de serviços, entendemos como é importante reduzir os impactos causados ao meio ambiente, e nada melhor que a data de hoje para promover a conscientização sobre esses cuidados na sua empresa. Os...

ORÇAMENTO
BUDGET
PRESUPUESTO